Menu
Busca domingo, 13 de outubro de 2019
(37) 99964-0995
Farmamed novo
Economia

INSS começa pente-fino em benefícios com suspeitas de irregularidades

Meta é analisar 3 milhões de pagamentos suspeitos em 18 meses

13 julho 2019 - 08h16Por Agência Brasil

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começou dia (12) a revisão de benefícios que apresentaram indícios de irregularidades  A meta é analisar cerca de três milhões de pagamentos suspeitos pelos próximos 18 meses. As regras foram publicadas nesta sexta-feira (12) no Diário Oficial da União (DOU).

A força-tarefa montada pelo órgão também vai permitir que pedidos de benefícios que estão pendentes de análise a mais de 45 dias possam ser avaliados. Segundo INSS, nas próximas semanas, os segurados que tiverem algum tipo de inconsistência receberão uma notificação por meio de seus bancos. Uma carta também poderá ser enviada à residência do segurado, caso seja necessário efetivar o contato.

No primeiro semestre, antes do início da revisão, 806 mil notificações foram enviadas para que os segurados esclareçam inconsistências encontradas no pagamento dos benefícios.

A revisão é fruto da lei de combate a fraudes previdenciárias, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro no mês passado.

Publicidade

Deixe seu Comentário

AGROCAMPO
Agro KZ

Leia Também

Campos Altos
Campos Altos: falecimento ocorrido nesse sábado (12)
Minas Gerais
Funerária é condenada em R$ 20 mil por não preparar corpo adequadamente
Geral
Quebra-molas instalados na BR-262 causam dois graves acidentes em menos de 24 horas
Direitos Humanos
Infância refugiada: 10 mil crianças venezuelanas já entraram no Brasil
Geral
Acidentes de trânsito com crianças geram 9,8 mil indenizações este ano
Campos Altos
Milhares de fiéis passam pelo Santuário em Campos Altos na Festa de Nossa Senhora Aparecida
Geral
Irmã Dulce será reconhecida como santa neste domingo
Economia
Secretário reafirma que Petrobras, Caixa e BB não serão privatizadas
Minas Gerais
PM Ambiental multa em mais de R$22 mil autor de posse irregular de pássaros da fauna silvestre
Minas Gerais
Mineiro é preso após transformar mulheres e adolescentes em escravas sexuais