Menu
Busca sexta, 24 de maio de 2019
(37) 99964-0995
Digital Sat Telecom
Economia

Petrobras demite funcionários com prisão decretada na Lava Jato

06 dezembro 2018 - 09h36Por Agência Brasil

A Petrobras divulgou na noite de ontem (5) que demitiu por justa causa os funcionários "contra quem existem fortes evidências de envolvimento em irregularidades apuradas no âmbito da 57ª Fase da Operação Lava Jato". Batizada de Sem Limites, a etapa da operação deflagrada ontem contava com dois mandados de prisão contra funcionários que continuavam atuando na companhia.

Segundo a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, funcionários da estatal receberam propina para alterar valores na compra e venda de petróleo e derivados com empresas estrangeiras. Os suspeitos também teriam realizado negócios irregulares de locação de tanques de armazenagens e, com alterações de centavos na negociação de cada barril, o esquema envolvia milhões de dólares devido à grande quantidade de combustível movimentada diariamente.

Foram decretados ao todo 11 mandados de prisão preventiva. Um dos funcionários que continuava na companhia atuava em Houston, nos Estados Unidos, em uma das representações da Petrobras no Exterior. Foi emitido um alerta para Interpol contra ele. O outro suspeito trabalhava em uma das sedes da empresa no Rio de Janeiro, mas não foi preso porque está hospitalizado.

As negociações no exterior eram com grandes empresas chamadas do setor, entre elas a Vitol, a Glencore e a Trafigura. Segundo a Petrobras, será feita uma "nova avaliação para revisão do Grau de Risco de Integridade (GRI) das empresas implicadas e, onde se fizer necessário, e de acordo com seu processo de Due Diligence de Integridade, reclassificá-las".

Publicidade

Deixe seu Comentário

SACOLÃO AVENIDA
AÇAÍ SORVETE, PIZZARIA E CIA

Leia Também

Minas Gerais
Chance de rompimento de barragem leva medo a Barão de Cocais: ‘Perdemos várias noites de sono’
Minas Gerais
49 pessoas morreram por dengue em Minas neste ano: cidades da região como Rio Paranaíba, São Gotardo, Patos de Minas e Uberaba tiveram um óbito cada
Justiça
STF: três entes da Federação têm responsabilidade solidária na saúde
Geral
Bolsonaro volta a defender mudanças na CNH e fim dos radares
Minas Gerais
Zema anuncia isenção de IPVA para carros movidos a GNV em Minas
Santa Rosa da Serra
Prefeitura Municipal de Santa Rosa da Serra informa sobre licitações
Minas Gerais
Pedófilo que abordava crianças em porta de escola e fez mais de 10 vítimas é indiciado
Justiça
STF abre exceções para fornecimento pelo SUS de remédio sem registro
Ibiá
Acidente na BR-262 deixa motorista levemente ferido e rodovia interdita, entre Campos Altos e Ibiá
Minas Gerais
Conta de luz vai ficar mais cara em Minas Gerais