Menu
Busca quinta, 22 de agosto de 2019
(37) 99964-0995
Farmamed novo
Direitos Humanos

Publicada lei que garante mais proteção à mulher vítima de violência

As medidas que alteram a Lei Maria da Penha começam a valer hoje

14 maio 2019 - 12h40Por Agência Brasil

A Lei Maria da Penha prevê, a partir de agora, a aplicação de medidas protetivas de urgência a mulheres ou a seus dependentes ameaçados de violência doméstica ou familiar. O Diário Oficial da União publica hoje (14) a lei sancionada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, com as alterações que darão mais rapidez nas decisões judiciais e policiais.

De acordo com nova norma, quando constatada a existência de risco atual ou iminente à vida ou à integridade física da mulher, ou de seus dependentes, o “agressor será imediatamente afastado do lar, domicílio ou local de convivência” com a vítima, medida que pode ser adotada pela autoridade judicial; pelo delegado de polícia; ou pelo policial, quando o município não for sede de comarca e não houver delegado disponível no momento da denúncia.

A lei prevê também que, quando a aplicação das medidas protetivas de urgência for decidida pelo policial, o juiz deve ser comunicado, no prazo máximo de 24 horas, para, em igual prazo, determinar sobre “a manutenção ou a revogação da medida aplicada, devendo dar ciência ao Ministério Público (MP) concomitantemente”. Antes das alterações, que passam a valer a partir desta terça-feira, o prazo era de 48 horas.

Diz ainda que as medidas protetivas têm que ser registradas em banco de dados mantido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), garantido o acesso do MP, da Defensoria Pública e dos órgãos de segurança pública e de assistência social, com vistas à fiscalização e à efetividade das medidas de proteção. No caso de prisão do agressor e, em havendo risco à integridade física da vítima ou à efetividade da medida protetiva de urgência, não será concedida liberdade provisória ao preso.

Publicidade

Deixe seu Comentário

SACOLÃO AVENIDA
CASA DE CARNES RESENDE

Leia Também

Brasil
Produção de etanol deve bater novo recorde na safra deste ano
Minas Gerais
Turma reconhece assédio moral de chefe que destratava empregada, exigia dela massagens e exibia vídeos pornográficos
Justiça
Senacom investiga coleta de dados de geolocalização pelo Google
Patos de Minas
Dono flagra ladrão trafegando em moto furtada quando seguia para registrar ocorrência
Alto Paranaíba
PC de Ibiá prende homem em Rio Paranaíba; ele é suspeito de vários furtos de gado no Alto Paranaíba
São Gotardo
Romeu Zema participa da abertura da 8ª Fenacampo, em São Gotardo
Muriaé
Garotinha de 3 anos morre vítima de meningite na Zona da Mata
Tapiraí
PM prende fazendeiro com armas após ameaças a funcionário na região do Borrachudo, município de Tapiraí
Minas Gerais
Mulher é torturada por marido em BH ao recusar se ajoelhar diante da bíblia para confessar falsa traição
Minas Gerais
Desconhecido invade casa e estupra mãe e filha; adolescente foi sufocada até desmaiar