Menu
Busca segunda, 06 de abril de 2020
(37) 99964-0995
Farmamed novo
Florestal/MG

Barragem com risco de rompimento obriga moradores a deixarem suas casas em Minas

18 fevereiro 2020 - 16h35Por BHAZ

Cerca de 40 pessoas foram retiradas de suas casas por conta do risco de rompimento de uma barragem na cidade de Florestal, na região Central de Minas Gerais, nessa segunda-feira (17). Os evacuados moram no distrito de Gameleira, que pode ser atingido pela água em caso de rompimento.

A barragem pertence a uma fazenda da região e é utilizada no represamento de água. De acordo com a Defesa Civil do Estado, a chuva que atingiu a região nos últimos dias aumentou o nível do reservatório, comprometendo a estrutura que pertence a uma fazenda da região.

A barragem apresentou erosões, trincas e um vazamento. Além disso, o solo estava encharcado, o que configuram sinais de que a estrutura pode se romper a qualquer momento.

Uma equipe composta por representantes do município de Florestal, assistentes sociais, a Polícia Militar, os bombeiros e um engenheiro participam de ações de vistoria da barragem e mais três represas na mesma propriedade.

Segundo a Defesa Civil, o proprietário da fazenda foi orientado e se comprometeu a esvaziar a estrutura de maneira segura e, também, realizar obras para garantir a segurança das represas. Os moradores foram encaminhados para uma pousada próxima e outros para a casa de parentes.

Barragens de rejeitos de minério

Enquanto isso, barragens de rejeitos de mineração – portanto, diferentes da de Florestal – continuam em risco. Minas conta com 25 estruturas com algum perigo: 16 em nível um, cinco em nível dois e quatro estruturas em nível três, que é considerado o mais grave. Todas as barragens em nível máximo de atenção pertencem a Vale.

Níveis do Departamento Nacional de Produção Mineral

I. Nível 1 – Quando detectada anomalia que resulte na pontuação máxima de 10 (dez) pontos em qualquer coluna do Quadro 3 – Matriz de Classificação Quanto à Categoria de Risco (1.2 – Estado de Conservação), do Anexo V, ou seja, quando iniciada uma ISE e para qualquer outra situação com potencial comprometimento de segurança da estrutura;

II. Nível 2 – Quando o resultado das ações adotadas na anomalia referida no inciso I for classificado como “não controlado”, de acordo com a definição do § 1º do art. 27 desta Portaria; ou

III. Nível 3 – A ruptura é iminente ou está ocorrendo.

Deixe seu Comentário

Stihl
AGROCAMPO

Leia Também

Ibiá/MG
Bandido arromba porta de restaurante e é preso por furto em Ibiá/MG
Abre Campo/MG
Colisão entre carro e caminhão mata quatro pessoas da mesma família na BR-262
Lagoa da Prata/MG
Lagoa da Prata/MG tem situação preocupante com 11 casos confirmados e uma morte suspeita para coronavírus
Minas Gerais
Zema estuda flexibilizar quarentena no interior de Minas devido a pandemia do coronavírus
Araxá/MG
Acidente de carro deixa criança em estado grave em Araxá/MG
Araxá/MG
PM de Araxá/MG prende ladrões furtando supermercado
Campos Altos/MG
Celebração do Domingo de Ramos no Santuário em Campos Altos é transmitida pela internet
Ibiá/MG
Homem é morto, possivelmente por engano, em Ibiá/MG
Ibiá/MG
Após perseguição pela MG-187 e BR-262, PM de Ibiá/MG apreende grande quantidade de drogas
Geral
Live da dupla Jorge e Mateus é a maior da história da internet