Menu
Busca segunda, 06 de abril de 2020
(37) 99964-0995
Farmamed novo
Itaúna/MG

Consumidores serão indenizados por encontrar corpo estranho semelhante a rato em molho de tomate

18 fevereiro 2020 - 09h50Por Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG

A responsabilidade do fabricante é objetiva, cabendo indenização se for encontrado corpo estranho em produto de sua fabricação. Com esse entendimento, o Judiciário condenou a Cargil Agrícola S.A. a indenizar cinco consumidores por terem encontrado um corpo estranho dentro de um sachê de molho de tomate.

A 14ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) manteve decisão do juiz Alex Matoso Silva, da 2ª Vara Cível da Comarca de Itaúna.

O incidente ocorreu em 2 de julho de 2012. O molho de tomate foi utilizado parcialmente e depois guardado na geladeira. No dia seguinte, um dos consumidores abriu totalmente a embalagem do produto para cozinhar, identificando nela algo semelhante a um rato morto.

A empresa argumentou que mantém um procedimento de segurança rígido no processo de produção, o que inviabilizaria qualquer fato como esse. Além disso, alegou que o alimento não foi consumido, portanto não houve dano moral.

Rompimento de confiança

A tese não foi aceita em primeira instância, levando a empresa a recorrer ao Tribunal. A relatora, desembargadora Evangelina Castilho Duarte, destacou que é desnecessária a comprovação da prática de ato ilícito e de culpa, bastando que haja defeito no produto para que se configure o dever de indenizar.

Para a magistrada, deve-se reconhecer que existe dano à integridade psicológica quando clientes adquirem e consomem produto contaminado, pois isso rompe a confiança nos fornecedores, um aspecto fundamental no relacionamento com os fabricantes.

Isso porque o cidadão comum não dispõe de conhecimento técnico ou científico que lhe permita avaliar a qualidade dos bens que compra. “A partir da ruptura dessa relação de confiança, advém a sensação inquietante de medo e impotência, porque o consumidor não tem controle sobre os produtos que adquire, dependendo daquela confiabilidade transmitida por marcas notórias”, concluiu.

Os desembargadores Cláudia Maia e Estevão Lucchesi votaram de acordo com a relatora.

Deixe seu Comentário

Stihl
BIG NUNES

Leia Também

Abre Campo/MG
Colisão entre carro e caminhão mata quatro pessoas da mesma família na BR-262
Lagoa da Prata/MG
Lagoa da Prata/MG tem situação preocupante com 11 casos confirmados e uma morte suspeita para coronavírus
Minas Gerais
Zema estuda flexibilizar quarentena no interior de Minas devido a pandemia do coronavírus
Araxá/MG
Acidente de carro deixa criança em estado grave em Araxá/MG
Araxá/MG
PM de Araxá/MG prende ladrões furtando supermercado
Campos Altos/MG
Celebração do Domingo de Ramos no Santuário em Campos Altos é transmitida pela internet
Ibiá/MG
Homem é morto, possivelmente por engano, em Ibiá/MG
A PM prendeu, em ação rápida, três suspeitos que, após serem capturados, disseram ter matado a pessoa errada.
Ibiá/MG
Após perseguição pela MG-187 e BR-262, PM de Ibiá/MG apreende grande quantidade de drogas
Geral
Live da dupla Jorge e Mateus é a maior da história da internet
Riacho Dantas/PI
Cantor sai ileso de acidente, volta ao local horas depois e morre em queda de moto