Menu
Busca domingo, 13 de outubro de 2019
(37) 99964-0995
Digital Sat Telecom
Minas Gerais

Jovem é estuprada dentro do próprio prédio quando conferia caixa de correio em espaço comum

18 junho 2019 - 08h38Por BHAZ

Uma jovem de 18 anos foi vítima de crime sexual em São João dei-Rei, na região Central de Minas Gerais, dentro do próprio prédio. Ela foi abordada pelo criminoso quando conferia a caixa de correio, no espaço comum do edifício. A investigação da Polícia Civil inicia nova etapa a partir desta segunda-feira (17).

Segundo relato da vítima aos policiais, a abordagem ocorreu no fim da tarde da última terça-feira (11), véspera do Dia dos Namorados. Ela sentiu, repentinamente, uma mão forçando sua cabeça pra frente, enquanto a outra agarrou sua mão e colocou dentro da calça do autor.

Ela conseguiu reagir e deu uma cotovelada no autor, que a soltou, o que gerou sua queda. Ela conseguiu ver apenas o tênis cinza e a calça jeans do autor, que fugiu em seguida.

Acionada, a polícia já interrogou um vizinho e fez exame de corpo de delito nele, que nega o crime. “As investigações estão em curso e a Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher em São João del-Rei, já realizou exame de corpo de delito de um suspeito inicial que negou o crime. Outros possíveis suspeitos prestarão depoimento na Delegacia a partir de segunda-feira”, afirmou, por nota, a corporação.

Vale lembrar que o crime de importunação sexual se tornou lei no ano passado e é caracterizado pela realização de ato libidinoso na presença de alguém e sem sua anuência. O caso mais comum é o assédio sofrido por mulheres em meios de transporte coletivo, como ônibus e metrô. Antes, isso era considerado apenas uma contravenção penal, com pena de multa. Agora, quem praticá-lo poderá pegar de 1 a 5 anos de prisão.

Já o crime de estupro é previsto no art. 213, e consiste em “constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso”. Mesmo que não exista a conjunção carnal, o criminoso pode ser condenado a uma pena de reclusão de 6 a 10 anos.

Publicidade

Deixe seu Comentário

Agro KZ
BIG NUNES

Leia Também

Campos Altos
Campos Altos: falecimento ocorrido nesse sábado (12)
Minas Gerais
Funerária é condenada em R$ 20 mil por não preparar corpo adequadamente
Geral
Quebra-molas instalados na BR-262 causam dois graves acidentes em menos de 24 horas
Direitos Humanos
Infância refugiada: 10 mil crianças venezuelanas já entraram no Brasil
Geral
Acidentes de trânsito com crianças geram 9,8 mil indenizações este ano
Campos Altos
Milhares de fiéis passam pelo Santuário em Campos Altos na Festa de Nossa Senhora Aparecida
Geral
Irmã Dulce será reconhecida como santa neste domingo
Economia
Secretário reafirma que Petrobras, Caixa e BB não serão privatizadas
Minas Gerais
PM Ambiental multa em mais de R$22 mil autor de posse irregular de pássaros da fauna silvestre
Minas Gerais
Mineiro é preso após transformar mulheres e adolescentes em escravas sexuais