Menu
Busca quinta, 18 de abril de 2019
(37) 99964-0995
Farmamed novo

Ministério de Minas e Energia abre processo para investigar rompimento de barragem

11 fevereiro 2019 - 14h33

O Ministério de Minas e Energia determinou a instauração de processo administrativo para obter informações referentes ao rompimento da barragem da mineradora Vale na mina Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), no último dia 25. A portaria foi publicada hoje (11) no Diário Oficial da União.

De acordo com o texto, o processo administrativo servirá para a adoção de providências que se fizerem necessárias quanto à prevenção, controle e mitigação das consequências dos danos provocados pelo rompimento no município mineiro, bem como para a adoção de providências quanto à segurança de barragens.

Até ontem, a tragédia em Brumadinho contabilizava 165 mortos e 160 desaparecidos, entre funcionários da mineradora, terceirizados que prestavam serviços à Vale e membros da comunidade. Há ainda 138 pessoas desabrigadas e duas seguem hospitalizadas – 17 dias após o rompimento da barragem.

Publicidade

Deixe seu Comentário

AGROCAMPO
AÇAÍ SORVETE, PIZZARIA E CIA

Leia Também

Justiça
AGU cobra R$ 2,1 bilhões desviados do setor público
Economia
Guedes diz que está preparando sequência de medidas fortes e positivas
Campos Altos
Viação Platina altera horários de linha para o domingo de páscoa
Geral
Minha Casa, Minha Vida pode ser construída 15% mais barata
“O BIM pode ser usado para o planejamento mais eficiente de qualquer tipo de construção e reduz cerca de 10% dos custos totais das obras”
Campos Altos
Campos Altos: falecimento ocorrido nessa quarta-feira (17)
Economia
Petrobras reajusta em R$ 0,10 litro do diesel nas refinarias
Semana Santa
Triunfo Concebra divulga os melhores horários e cuidados para o feriado de Semana Santa
Geral
Polícia Rodoviária Federal inicia Operação Semana Santa 2019
Minas Gerais
Polícia Rodoviária lança operação Semana Santa nas estradas da região
Minas Gerais
Acidente deixa motorista preso às ferragens de ônibus e passageiros feridos em Juiz de Fora