Menu
Busca quarta, 12 de dezembro de 2018
(37) 99964-0995
Estalagem Moto Serras
Santa Rosa da Serra

Prefeitura de Santa Rosa da Serra declara situação de emergência após estragos causados por tempestade

Há um mês, o prefeito José Humberto já havia declarado situação de emergência após a falta de repasses de recursos do Estado.

07 dezembro 2018 - 09h03Por Marcelo The Back - Jornalista - MTB: 0020754/MG

A cidade de Santa Rosa da Serra, decretou situação de emergência nessa quinta-feira (6) após a forte chuva que atingiu o município. 

Na última quarta-feira (5), uma tempestade provocou quedas de árvores, de uma torre, destelhou casas, uma igreja e até o hospital da cidade. A cobertura de uma quadra não suportou o vento e caiu sobre uma escola. Veículos do transporte escolar também foram danificados. Uma parte da população ficou sem energia. Na zona rural, estradas foram bloqueadas após a queda de árvores e lavouras de café também foram danificadas.

Segundo a prefeitura, a medida foi necessária devido aos incontáveis danos materiais e ambientais, prejuízos econômicos e sociais ao Município. Há um mês, o prefeito José Humberto já havia declarado situação de emergência após a falta de repasses de recursos do Estado.

município.

Deixe seu Comentário

Clientes 01
CLIENTES 02

Leia Também

Política
Governadores discutem hoje segurança pública; Moro deve participar
Campos Altos
Caminhonete do ex-vice prefeito de Campos Altos é encontrada
Geral
Tiroteio em catedral deixa cinco mortos no centro de Campinas
Campos Altos
Prefeitura de Campos Altos deposita lixo de “Mutirão da Dengue” no antigo Campo de Aviação e gera polêmica entre a população
Luz
Sequência de chuvas faz encosta desabar na BR-262, em Luz
Educação
Futuro ministro defende educação básica e qualificação para o trabalho
Internacional
Brasil atinge meta de redução de emissões de carbono na área florestal
Campos Altos
Campos Altos; falecimento ocorrido nesta terça (9)
Geral
Anvisa proíbe tônico capilar criado pela UFMG e manda produto ser recolhido
Geral
Forças Armadas fazem operação em 13 comunidades do Rio