Menu
Busca quarta, 20 de fevereiro de 2019
(37) 99964-0995
Digital Sat Telecom
Gerais

STF julga nesta semana ação para criminalizar homofobia

11 fevereiro 2019 - 08h36Por Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar quarta-feira (13) uma ação protocolada pelo PPS para criminalizar a homofobia, que é caracterizada pelo preconceito contra o público LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais). O processo tramita na Corte desde 2013 e será relatado pelo ministro Celso de Mello.

Na sessão, os ministros devem definir se o Supremo pode criar regras temporárias para punir agressores do público LGBT, devido à demora da aprovação da matéria no Congresso Nacional. Pelo atual ordenamento jurídico, a tipificação de crimes cabe ao Poder Legislativo, responsável pela criação das leis.

O crime de homofobia não está tipificado na legislação penal brasileira. Nos casos envolvendo agressões contra homossexuais, a conduta é tratada como lesão corporal, tentativa de homicídio ou ofensa moral.

No entendimento do partido, a minoria LGBT deve ser incluída no conceito de "raça social" e os agressores punidos na forma do crime de racismo.

"O heterossexismo social constitui uma ideologia racista e, portanto, a homofobia e a transfobia constituem-se ideologias/condutas tipicamente racistas por serem decorrências do racismo heterossexista", argumenta o partido.

Levantamento recente, divulgado pelo Grupo Gay da Bahia (GGB), mostrou que em 2017 foi registrado o maior número de mortes relacionadas à homofobia desde que o monitoramento anual começou a ser feito pela entidade, há 38 anos. Naquele ano, 445 lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBTs) foram mortos por homofobia. 

Publicidade

Deixe seu Comentário

SACOLÃO AVENIDA
CASA DE CARNES RESENDE

Leia Também

Araxá
Na BR-262, PRF e PM prendem quadrilha que roubou pneus de carreta no Triângulo Mineiro
Geral
Trabalhador contribuirá 40 anos para aposentar-se com 100% do salário
Campos Altos
Búfalos são furtados em fazenda próximo à cidade de Campos Altos
Geral
Relatório: como o 5G resolverá os problemas de congestionamento das redes 4G atuais
Gerais
Grupo que explora diamante ilegalmente na Canastra é alvo de ação da PF
Economia
Bolsonaro entrega a deputados proposta da reforma da Previdência
Araxá
Idoso é agredido com pauladas; suspeito foi preso pela PM, em Araxá
A PM conseguiu localizar o suspeito e realizar sua prisão; ele negou o crime, mas foi reconhecido.
Araxá
PM realiza solenidade alusiva aos 14 anos do 37º BPM em Araxá
Região
PM realiza operações policiais em comemoração aos 14 anos do 37º BPM
Geral
Procuradora diz que jovens atletas são tratados como "commodities"