Menu
Busca quarta, 18 de setembro de 2019
(37) 99964-0995
Farmamed novo
Política

Cleitinho recua e não pedirá ressarcimento após pagar almoço para moradores de rua

11 setembro 2019 - 09h06Por Portal Gerais

O deputado estadual, Cleitinho Azevedo (Cidadania) recuou e disse que não irá pedir ressarcimento do valor pago com almoço de moradores de rua. Na semana passada, ele percorreu os arredores da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), em Belo Horizonte, convidando as pessoa para almoçarem.

A iniciativa, segundo o parlamentar, foi para mostrar o mau uso da verba indenizatória. Cada deputado tem direito a cerca de R$27 mil por mês que podem ser aplicados em passagens, combustíveis, hospedagens, locação de imóveis, além de alimentação. O valor é acumulativo desde que utilizado durante o exercício do mandato.

“Podemos gastar até R$10 mil com alimentação, quando tem gente passando fome”, afirmou o deputado dizendo que a ideia era conscientizar a classe política.

De fevereiro a agosto deste ano, Cleitinho gastou cerca de R$53,3 mil.

“O problema não é ter a verba, mas como se usa […] Gastar menos e fazer mais”, enfatizou.

A maior fatia consumida por ele foi com serviços de consultoria, assessoria e pesquisa, média de R$4 mil por mês.

O vídeo

O vídeo de quase 10 minutos atingiu a marca de 2 milhões de visualizações. Foram mais de 63 mil compartilhamentos. Nele, o deputado aparece convidando os moradores de rua e levando até o restaurante.

No final, ele entrega o cartão para uma das pessoas para que ela pudesse pagar. Apesar de dizer, no vídeo, que usaria a verba para ser ressarcido, ele voltou atrás. Ao PORTAL GERAIS, Cleitinho disse que passou o próprio cartão e que não pedirá o ressarcimento. A conta ficou em R$639.

“Foi um vídeo para conscientizar, mostrar minha revolta. Eu paguei com meu cartão particular”.

O uso da verba

A assessoria da ALMG disse que a verba pode ser utilizada apenas para questões inerente ao mandato. Ela é regulamentada pela deliberação 2446/2009. Afirmou não ter conhecimento de pedido de ressarcimento e que caso ocorre ainda deverá ser lançado.

Publicidade

Deixe seu Comentário

AGROCAMPO
CASA DE CARNES RESENDE

Leia Também

Minas Gerais
Cerca de 40 motos são destruídas por fogo em condomínio de galpões em Uberlândia
Santa Rosa da Serra
Santa Rosa da Serra: falecimento ocorrido nesta terça (17)
Monte Carmelo
Condutor de bitrem bêbado causa acidente e namorada morre
Peirópolis
Má sinalização em obra causa tombamento de caminhão na BR-262
Uberaba
Residência fica totalmente destruída após incêndio
Minas Gerais
Jovem com paralisia cerebral é estuprada dentro de casa por amigo do pai
A mãe estranhou o sumiço do suspeito e, ao conferir o quarto da filha, a encontrou sangrando com o homem nu em cima dela
Minas Gerais
Ladrão fica pendurado em portão de república durante assalto em MG
Geral
Hospital Badim confirma 14ª morte por incêndio na unidade
Campos Altos
Servidores da Prefeitura de Campos Altos poderão dividir pagamento dos ingressos da Festa do Peão nos contracheques
Lagoa Formosa
Motorista morre em grave acidente na BR-354, em Lagoa Formosa