Menu
Busca segunda, 24 de fevereiro de 2020
(37) 99964-0995
Digital Sat Telecom
BR-262

Documento que cria “Frente Parlamentar” para duplicação da 262 é protocolado pelo deputado Bosco

De acordo com o deputado Bosco, após a criação da “Frente Parlamentar” a causa ganha força com trabalho constante e permanente junto aos órgãos responsáveis.

06 dezembro 2019 - 12h23Por Marcelo The Back - Jornalista - MTB: 0020754/MG

O deputado Estadual Bosco protocolou nessa quinta-feira (5) o documento que cria a “Frente Parlamentar” que visa a duplicação da rodovia BR-262 entre o trecho que liga Nova Serrana/MG a Uberaba/MG.

A causa teve apoio dos deputados da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) que assinaram o impresso depois de uma audiência pública realizada na segunda-feira (2) pela Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas da ALMG, a pedido de Bosco.

Todo esse movimento ocorreu depois de duas manifestações organizadas pela população de Campos Altos após acidentes que mataram seis pessoas da cidade. Em um deles, cinco jogadores de futsal, campeões de um torneio no dia anterior, morreram após o carro, em que estavam, bater em um ônibus.

De acordo com o deputado Bosco, após a criação da “Frente Parlamentar” a causa ganha força com trabalho constante e permanente junto aos órgãos responsáveis pela duplicação, imediato ao Governo Federal e a Triunfo Concebra.

 

Concessão

O contrato de concessão da rodovia foi assinado em 2014 e prevê, entre outras melhorias, a sua duplicação no prazo de cinco anos. No entanto, a concessionária, Triunfo Concebra, não cumpriu o acordo assinado e continua cobrando pedágio.

Em março, a Justiça determinou que a concessionária apresentasse os licenciamentos e os projetos necessários para a duplicação e definiu o prazo de três anos para a execução das obras. Até o momento, no Triângulo Mineiro, apenas 65 quilômetros foram duplicados, entre Uberaba e Campo Florido.

Atualmente, a Triunfo arrecada aproximadamente R$ 383 milhões anualmente. Durante a audiência pública na ALMG o presidente da empresa, Odenir José Sanches, disse que 70% do faturamento vai para manutenção da rodovia e que é inviável a duplicação.

 

Queda da Ação Civil na Justiça

A Ação Civil Pública ajuizada pelo Ministério Público Federal (MPF) que obrigava a Triunfo Concebra a cumprir o contrato e duplicar a rodovia foi suspensa por 60 dias. O MPF, também, foi o responsável pela suspensão. O objetivo é analisar os documentos apresentados pela Concessionária, expostos recentemente. Veja o vídeo:

Deixe seu Comentário

Stihl
BIG NUNES

Leia Também

Estrela do Indaiá/MG
Morre aos 37 anos o prefeito de Estrela do Indaiá/MG
Campos Altos/MG
Homem é preso pela PRF durante operação "Carnaval" na BR-262 em Campos Altos/MG
Bela Vista de Goiás/GO
Jovem mata namorada e vai ao shopping com a ex após queimar e enterrar corpo
Lagoa da Prata/MG
Jovens são presos por roubar motocicleta e posto de combustíveis
Belo Horizonte/MG
Babá dopa crianças e acaba presa por tentativa de homicídio
Juatuba/MG
Criança que morreu afogada pode ter caído ao pegar frutas em árvore
Campos Altos/MG
Em operação “Vítima Segura”, PC prende homem suspeito de ameaçar a ex de morte, em Campos Altos/MG
Campos Altos/MG
Vecol começa fase final de pavimentação em ruas de Campos Altos/MG
Campos Altos/MG
Caminhão que seguia pela BR-262 bate em outro que estava estacionado, entre Ibiá e Araxá
Araxá/MG
Diarista furta cordão de ouro avaliado em R$10mil, em Araxá/MG