Menu
Busca sexta, 06 de dezembro de 2019
(37) 99964-0995
Farmamed novo
Minas Gerais

Mais de 400 postos de combustível estão irregulares em Minas

01 novembro 2019 - 07h56Por BHAZ

O Corpo de Bombeiros vistoriou 1,6 mil postos de combustíveis e revendedores de gás GLP em toda Minas Gerais, nesta sexta-feira (31). A operação foi realizada para verificar as condições dos sistemas de prevenção a incêndio dos estabelecimentos. Ao todo, 425 postos foram flagrados em situação irregular.

Dos postos irregulares, 388 foram notificados, 14 multados e três interditados. As interdições foram realizadas na região metropolitana de BH e uma na cidade de Patos de Minas. Cerca de 1,2 mil empresas foram consideradas em situação regular.

Segundo os bombeiros, esta é a quinta edição da “Operação Alerta Vermelho” no Estado. Ao todo, a operação empenhou cerca de 600 bombeiros, distribuídos em todas as regionais de Minas.

A inciativa cumpre o propósito descrito no decreto 44.476 que regulamenta a segurança contra incêndio e pânico nas edificações e áreas de risco classificadas como postos de abastecimento e serviço e locais destinados à produção, manipulação, armazenamento e distribuição de líquidos ou gases combustíveis e inflamáveis.

Histórico

Em 2017 e 2018, de forma planejada, o Corpo de Bombeiros se pautou na premissa de disseminação da cultura de conscientização e orientação por meio da realização de 11 operações Alerta Vermelho. Nesta fase, equipes de bombeiros militares se dedicaram a vistoriar edificações, com o objetivo de esclarecer os responsáveis sobre a legislação do Serviço de Segurança Contra Incêndio e Pânico (SSCIP).

Em 2019, a operação Alerta Vermelho assumiu o caráter fiscalizatório, aplicando sanções cabíveis, de acordo com os dispositivos legais, em casos de irregularidades. De janeiro até o momento, foram realizadas 5 edições da ação, sendo a última em postos de gasolina e depósitos de GLP.

Com informações do Corpo de Bombeiros

Publicidade

Deixe seu Comentário

BIG NUNES
Agro KZ

Leia Também

Campos Altos
Em Campos Altos, Rádio Popular FM volta ao ar depois de descarga elétrica que queimou vários aparelhos
Internet
Anatel defende redução de taxas do Fistel para expansão de estações domiciliares de internet via satélite
Minas Gerais
Universitário é preso suspeito de estuprar e divulgar imagens íntimas de mulheres
Belo Horizonte/MG
Hospital de BH é condenado por permitir humilhação de empregado com bilhetes contendo provérbios bíblicos
Uberaba/MG
Caminhoneiro morre após tombamento de carreta na BR-262 em Uberaba/MG
São Vicente/SP
Homem atira na companheira, mata a amante e outras 4 pessoas da família dela
Minas Gerais
Casal é preso por golpe em venda de apartamento em BH; eles cobravam R$ 10 mil de entrada
Minas Gerais
Bebê de cinco meses morre em creche ao ficar cerca de 20 minutos sozinho após se alimentar
Minas Gerais
Chuva provoca cinco mortes, leva 10 cidades à emergência e afeta 5 mil pessoas em Minas
Minas Gerais
Acidente na MG-050 entre Piumhi e Capitólio deixa uma vítima com ferimentos