Menu
Busca sábado, 18 de setembro de 2021
(37) 99964-0995
Supermercado Lep's
Campos Altos/MG

Projeto realizado no CMEI Madre Emanuella Favale em Campos Altos/MG dá certo na pandemia, incentiva alunos e envolve os pais

Trabalho da professora Emília Rocha estimula os alunos e propõe uma imersão nos contos infantis.

14 setembro 2021 - 14h04Por Marcelo The Back - Jornalista - MTB: 0020754/MG

O CMEI Madre Emanuella Favale desenvolve há três anos o projeto “Maleta Viajante” e mesmo com a pandemia a iniciativa permanece sendo um sucesso entre alunos e pais. De acordo com a professora, Emília Rocha, responsável pelo desenvolvimento, o “Maleta Viajante” funciona como um rodízio e a cada 15 dias um aluno é escolhido e passa a produzir com apoio dos pais uma forma para o reconto da história de um livro, seja recontando ou por meio de um teatro.

Emília falou à reportagem da TV KZ que alunos e pais se divertem. “As crianças ficam ansiosas por sua vez; elas gostam”, disse a professora que já recebeu o reconhecimento pela dedicação ao ganhar um prêmio do Município por meio do “Entrelaçando Saberes”.  Emília explicou que por ser uma pré alfabetização tem optado pela literatura infantil. “São histórias que eles já possuem contato”, diz.

Professora Emília RochaProfesssora Emília Rocha - Foto: Arquivo Pessoal

 

Na opinião de pais o projeto está sendo incentivador e amplia ainda mais o conhecimento e entendimento de seus filhos. “No ano de 2018 a professora Emília apresentou aos pais e alunos seu projeto “Maleta Viajante” que veio a enriquecer muito o aprendizado do meu filho, despertando a criatividade e comunicação, neste ano meu segundo filho e também aluno da professora Emília está desfrutando desse maravilhoso projeto que vai além da apresentação aos colegas e professora, ele desperta o interesse pela leitura, trazendo a criança para esse mundo da imaginação, cultura e conhecimento. Como mãe tenho muito a parabenizar professoras como a Emília que trazem um diferencial em seu trabalho, o amor pela profissão”, contou, Natália Maria Silva.

Mesmo que tenha começado antes o “Maleta Viajante” não teve problemas no período da pandemia. Isso, em razão de seu formato que, segundo a professora, manteve os alunos ligados à escola mesmo a distância. “Favorece o elo entre escola e aluno”, completou Emília.

*Entre para o grupo de WhatsApp da TV KZ e receba as notícias em seu celular clicando AQUI.

*Siga o Instagram da TV KZ clicando AQUI.

 

Laboratório São Lucas
Josiel Despachante

Leia Também

Córrego Danta/MG
Trânsito flui na BR-262 após destombamento, entre Campos Altos/MG e Córrego Danta/MG
Campos Altos/MG
Campos Altos/MG confirma 26ª morte causada pela Covid-19
Formiga/MG
Motorista tenta desviar de Eucalipto caído na rodovia e van fica presa entre os galhos
Uberlândia/MG
ASSISTA: Engavetamento com 10 veículos causado por fumaça mata uma pessoa e deixa oito feridas
Campos Altos/MG
PMRv apreende pacotes de cigarros estrangeiros na LMG-794 em Matutina/MG
Campos Altos/MG
SMS de Campos Altos/MG realiza passeata pela vida em alusão ao "Setembro Amarelo"
Campos Altos/MG
Caminhoneiro fica ferido após colisão traseira na BR-262 entre Campos Altos/MG e Ibiá/MG
Campos Altos/MG
Campos Altos/MG apresenta apenas uma pessoa infectada com Covid-19 nas últimas 24 horas
São Gotardo/MG
Sete motos são apreendidas por perturbação do sossego em São Gotardo/MG
Campos Altos/MG
SMS corrige dados da população vacinada contra Covid-19 em Campos Altos/MG